Tag Archive ENEM

Redação do Enem 2017: 5 possibilidades de temas

O Salto No Comments

Redação do Enem 2017: 5 possibilidades de tema

Por Raquel Branco

Uma boa redação faz toda a diferença na nota final do ENEM. A fuga ao tema é motivo para tirar zero na avaliação. Para conseguir escrever bem, uma dica é ficar ligado nas atualidades e atento às notícias que fazem parte do cotidiano do Brasil. Desse modo, você terá mais chances de arrasar na sua redação, independente do tema aplicado.

Aqui vão cinco possíveis temas para o ENEM 2017.

Superlotação do sistema carcerário

As celas das prisões brasileiras estão superlotadas, o que gera uma grande preocupação devido à violação dos Diretos Humanos. Em virtude da lentidão e ineficiência da justiça, muitas pessoas ficam nas prisões aguardando julgamento por vários dias. A situação agrava-se em função de o número de vagas ser menor do que o número de presos, o que gera, por sua vez, celas superlotadas, sem condições de saneamento. Outro problema é o encarceramento por questões relacionadas a drogas e pequenos roubos, fato que poderia ser resolvido com educação básica melhor e políticas de conscientização contra drogas.

Novas formas de representação familiar

Em 2015, o projeto de lei do Estatuto da Família gerou polêmica definindo família apenas como “o núcleo social formado a partir da união entre um homem e uma mulher, por meio de casamento ou união estável, ou ainda por comunidade formada por qualquer dos pais e seus descendentes.” A lei entrava em confronto com a decisão dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) que, em 2011, reconheceram por unanimidade a união entre pessoas do mesmo sexo como família e com o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) que, em 2013, regulamentou a união homoafetiva obrigando os cartórios a realizarem casamento civil entre pessoas do mesmo sexo.

Bullying: os limites entre a brincadeira e a agressão

Bullying é um tipo de abuso físico ou psicológico que tem acontecido em várias escolas do mundo. O que pode parecer apenas uma brincadeira pode ter sérias consequências, assim como aborda a série 13 reasons why, do Netflix. A protagonista sofre tanta agressão dos colegas que acaba cometendo suicídio. Para combater a violência na escola, o Ministério da Educação (MEC) vem coordenando ações que visam capacitar docentes e equipes pedagógicas para promoverem a cidadania, empatia e o respeito, numa cultura de paz e tolerância mútua. A iniciativa ganhou um reforço de peso em novembro de 2016, quando o Ministério da Justiça e Cidadania aliou-se ao MEC lançando o Pacto Universitário pela Promoção do Respeito à Diversidade, da Cultura da Paz e dos Direitos Humanos. Mais de duzentas instituições de ensino superior já aderiram ao acordo.

A sobrevivência da cultura indígena no Brasil contemporâneo

Alguns grupos indígenas estão perdendo sua identidade cultural. A mistura dessa cultura com a cultura branca desencadeia a falta de interesse dos mais novos em aprender com os mais velhos e acaba gerando esquecimento da tradição. Além disso, as escolas não ensinam com fidelidade a história desse povo, o dia do índio é tratado como algo caricato e distante. O desconhecimento sobre a realidade indígena atual, marcada por assassinatos, falta de demarcação de suas terras e violação de seus direitos, gera, por sua vez, falta de empatia e respeito com os nativos. Uma alternativa para que anos de conhecimento não se percam é fazer registro de contos, tradições e dicionários e exigir de nossos governantes que respeitem essa etnia. 

Escassez de água potável no Brasil

O problema da escassez de água potável no Brasil é um problema político. Nosso país tem recurso hídrico abundante; possuímos, junto com Paraguai, Argentina e Uruguai, a  maior reserva de água doce do mundo (Aquífero Guarani). Os problemas relacionados a essa questão são ligados à má gestão pública, expressa, por exemplo, pela falta de saneamento, que é um dos principais fatores de poluição de nossos mananciais. Várias campanhas para consumo residencial consciente já fizeram efeito e a população hoje está mais atenta, entretanto, é ao setor agropecuário que cabe a maior parte do consumo de água.

Lembre-se: Além de ter bons argumentos na redação, é regra do ENEM que todos eles respeitem os Direitos Humanos.

Gostou do artigo? Então deixe seu comentário abaixo. Não esqueça também de curtir nossa página nas redes sociais (facebook e instagram). Assim, você recebe em primeira mão dicas e mais postagens como essa, que vão te ajudar a arrasar no ENEM 2017.

Não perca nenhuma dica!

Assine nosso blog e receba novos posts diretamente em seu email.