O Salto

É preciso reaprender a aprender!

O Salto

Em plena era digital, em que somos bombardeados o tempo inteiro de informações por todos os lados, o ensino tradicional baseado na tríade - sala de aula, quadro e aluno - já não se demonstra eficaz na vida do aluno. Por isso, o Salto propõe um novo jeito ensinar.

Nossa pegada de ensino é assim!
Sem quadro
O Salto

No lugar de lousa e giz (ou quadro e canetinha) damos lugar a animações e recursos gráficos que ajudam o aluno a visualizar as coisas como de fato acontecem. O que é mais fácil? Entender a força centrípeta com um desenho ou com a animação de um carro em movimento? Nosso propósito é embalar o conteúdo em um formato mais simples e altamente eficaz.

Sem dor
O Salto

Estudar o que você não gosta é literalmente doloroso. Já é cientificamente comprovado (acesse aqui pesquisa da Universidade de Chicago) que até pensar num assunto que você detesta ativa uma parte do cérebro envolvida com a experiência da dor. Por isso, conectamos o conteúdo científico com memes, músicas, cenas de filme. Tudo para deixar o ensino mais leve e descontraído.

Sem piada de tio
O Salto

É pavê ou pacumê? O Salto não tem piada sem graça, nem força o humor. Todas as aulas são roteirizadas por uma equipe antenada com o conteúdo pop mais bombante da web, além disso, sempre que possível, são feitas referências a filmes, livros e músicas, que merecem ser revisitados.

Sem bocejo
O Salto

Sabe aquela aula chata que o professor fala, fala e fala, enquanto você anota, anota e boceja? Aqui, não tem. Para evitar o tédio, utilizamos muitos recursos audiovisuais, como: variação de elementos de cenário, troca de angulação de câmera, mudança de personagens, edição dinâmica, divisão da aula em vários quadros.

Sem perda de tempo
O Salto

Ahnnn, Hummm, Bemmm, Ihhhhh… Todo mundo tem trejeitos e vícios de fala, isso é normal. O que não é normal é você demorar 40 minutos pra assistir a uma aula que cabe em 15. Por isso, eliminamos os monossílabos e as enrolações com uma edição minuciosa, dinâmica e ritmada.

Com interdisciplinaridade
O Salto

Não é só o ENEM que gosta de misturar as matérias, a gente também acha que o aprendizado fica muito mais rico quando existe relação entre os conteúdos. Por isso, misturamos geografia com biologia, história com química e por aí vai.

Com quem fala a sua língua
O Salto

Quando foi a última vez que você precisou utilizar o cateto da hipotenusa? Se você não vê sentido, fica mais difícil ter prazer em aprender, concorda? Aqui, buscamos explicar todo o tipo de assunto de forma prática e ao mesmotempo didática. Assim, provamos que é possível ensinar de um jeito informale descontraído, sem ser superficial.

Com representatividade
O Salto

Com tanta coisa acontecendo no Brasil e no mundo, não dá pra ser isento e ignorar o nosso próprio poder de transformação. No Salto, fazemos questão em contribuir pela quebra de estereótipos, propondo debates críticos sobre os fatos e sobre a história que queremos viver. Nossa pauta envolve a construção de novas referências e o empoderamento de grupos sociais (mulheres, negros, comunidade LGBTQ+), porque é preciso que todos se sintam representados e encontrem lugar de destaque ao se identificarem com nossos conteúdos.